Guns N' Roses




O grupo foi formado no início de 1985 pelos membros do Hollywood Rose Axl Rose (vocais) e Izzy Stradlin (guitarra rítmica), membros do L.A. Guns Tracii Guns (guitarra), Ole Beich (baixo) e Robbie Gardner (bateria). A nova banda criou o seu nome através da combinação de dois dos nomes dos membros do grupo. Depois de pouco tempo (vários relatórios indicam apenas 2 ou 3 shows foram feitos com o Guns, Beich & Gardner), o baixista Ole Beich foi substituído por Duff McKagan enquanto a falta de Tracii Guns nos ensaios levou à sua substituição por Slash.

Slash tinha tocado com McKagan no Road Crew e com Stradlin durante um curto período no Hollywood Rose. A nova line-up se reunira rapidamente, mas pouco antes de embarcar em uma turnê, curta o bastante e desorganizada de Sacramento, Califórnia, para a cidade de Duff casa de Seattle, Washington, o baterista Rob Gardner saiu e foi substituído por um amigo de Slash, Steven Adler. A banda, que continuou a ser chamada Guns N' Roses, mesmo depois da partida de Tracii Guns, estabeleceu a sua primeira linha estável até no chamado "Hell Tour". Em uma entrevista, Slash disse: "Isso [viagem para Seattle] é realmente o que consolidou a banda" e estabeleceu a sua química...

A estréia nos palcos da nova formação aconteceu em 6 de Junho de 1986, no conhecido Troubador em Hollywood, para cerca de 150 pessoas. Após isso, a banda seguiu para Seattle onde teve a sua turnê de estreia, conhecida por Hell Tour. Sobre esta turnê do Guns, pode-se afirmar que foi um fracasso, pois no caminho entre Los Angeles e Seattle, a van onde os gunners viajavam quebrou, não restando alternativa a não ser abandonar o veículo e pedir carona. E esta carona, demora mais de dois dias para chegar, atrasando seu primeiro compromisso em Seattle, causando, como consequência, o cancelamento da turnê inicial do Guns N' Roses pelos Estados Unidos, fazendo com que Axl e cia vendessem parte do equipamento para voltar para casa.

Morando em Los Angeles, sem contrato e competindo com centenas de bandas do mesmo estilo, o Guns N’Roses contava com algo além da música para sobreviver: roubaram, venderam drogas e mulheres durante algum tempo. Em 1986, contornando as dificuldades, gravaram um EP (disco de menor duração) com quatro músicas. O nome do disco, lançado de forma independente, era Live ?!*@ Like a Suicide, e continha quatro músicas gravadas ao vivo (inclusive um cover do Aerosmith, Mama Kin).

O disco foi anunciado como uma gravação ao vivo, embora Rose revelaria anos mais tarde, que foi simulado. O EP composto por quatro músicas de fitas da banda demo com o ruído da multidão sobreposta. Continha covers de Rose Tattoo, "Nice Boys" e do Aerosmith "Mama Kin", juntamente com duas composições original: o hino punk "Reckless Life" e o rock clássico inspirado "Move to the City", ambos dos quais foram co-escritas por membro fundador Hollywood Rose, Chris Weber. O vinil original de Live ?!*@ Like a Suicide tornou-se um valioso e procurado após o item de colecionador, mesmo que as faixas foram re-emitidos dois anos mais tarde, no álbum G N' R Lies.

Comentários

Postar um comentário